free web design templates

Mestrados

No Brasil o mestrado não é um diploma obrigatório em nenhuma área de atuação profissional. O que o mestrado proporciona é um diferencial quanto à concorrência com outros candidatos no mercado de trabalho ou quando se deseja uma trajetória principalmente docente (como professor).

Nas instituições portuguesas, em geral, o mestrado tem duração de 24 meses (dois anos). Como no Brasil, existem mestrados puramente acadêmicos e mestrados profissionais.
Em Portugal alguns cursos de licenciatura já são realizados em conjunto com o mestrado. Ao final do curso o estudante estará com duas titulações: graduado e mestre.
O curso de Psicologia, por exemplo, apresenta esta modalidade na maioria das universidades portuguesas. Cursos em áreas de Engenharia e Saúde, em geral, apresentam essa composição de licenciatura atrelada ao mestrado.

Para cursar o mestrado, o estudante é obrigado a ter um diploma de nível superior, seja português ou de outro país. Nas próximas páginas estaremos entrando em alguns detalhe do processo de validação do diploma português no Brasil.

Não é uma modalidade ainda muito comum para mestrado, mas algumas universidades já aceitam que estudantes façam mestrado a distância. Entraremos mais em detalhes no próximo tópico quando tratarmos de doutoramento.

Como no Brasil, ao final do programa de mestrado, o estudante deverá apresentar sua pesquisa de dissertação a uma banca de professores, e esta será ou não aprovada. Com a aprovação, o estudante receberá o título de mestre, que é válido em território português e na Comunidade Europeia.

Atualmente não existe legislação que impeça que os cursos de graduação possam ser realizados de forma conjugada com o mestrado em Portugal.
A proposta que a partir do ano letivo de 2021-2020, os cursos integrados de licenciatura e mestrado possam acontecer apenas para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciências Farmacêuticas (Farmácia), Medicina, Medicina Dentária (Odontologia) e Medicina Veterinária.